Portal de Notícias Históricas e Atuais,
Palmas, Tocantins

Anuncie: (63) 981390746
doctocantins@gmail.com

Temos 412 visitantes e Nenhum membro online

Jarbas Coutinho/Governo do Tocantins

  • No encontro em Cuiabá, serão discutidos temas como segurança pública, meio ambiente, comunicação pública e a criação do Consórcio Interestadual da Amazônia Legal

    Pedro Barbosa/Governo do Tocantins

O governador Marcelo Miranda participa nesta sexta-feira, 11, do Fórum de Governadores da Amazônia Legal, em Cuiabá (MT), onde discutem temas de interesse comum dos estados integrantes do bloco. Durante o encontro, devem entrar em pauta temas relacionados à segurança pública, ao meio ambiente, à comunicação pública, bem como à criação do Consórcio Interestadual da Amazônia Legal.

Antecede o evento, o encontro da equipe técnica dos estados participantes, que se reúnem nesta quinta-feira, 10, para alinhar e finalizar os temas que serão discutidos e deliberados pelos governadores na sexta-feira.

Pautas

Em discussão estão os desdobramentos do último encontro, como a criação do Consórcio Amazônia Legal, que deve seguir os mesmos moldes do Consórcio Brasil Central. No que diz respeito ao meio ambiente, devem prevalecer as estratégias dos estados na área ambiental para o Encontro Anual de Governadores, que será realizado de 25 a 29 de setembro de 2017, na Indonésia. Também será discutida a agenda para os governadores apresentarem na ocasião da COP 23, que será realizada em novembro, na Alemanha. Durante o encontro, o Tocantins vai propor que os estados que compõem o Fórum da Amazônia Legal realizem o Fórum Cidadão em Palmas. No evento, serão discutidas proposituras para o Fórum Mundial da Água, que será realizado de 18 a 23 de março de 2018, em Brasília (DF).

Já na área da segurança pública, serão debatidos assuntos como o tráfico de drogas, a intensificação dos trabalhos de inteligência e o compartilhamento de informações entre a Polícia Civil dos estados integrantes. Também devem ser discutidos roubo e furto às instituições financeiras e a intensificação dos trabalhos e operações integradas de combate à modalidade novo cangaço, além do fortalecimento das delegacias de repressão a crimes contra o meio ambiente.

Por fim, na área de comunicação pública, os governadores vão deliberar sobre a proposta de estatuto, a logomarca e as ações conjuntas de comunicação e publicidade que poderão ser desenvolvidas de forma integrada pelos estados-membros.

Participantes

Além do Tocantins, o Fórum de Governadores da Amazônia Legal é composto pelos estados Acre, Amapá, Amazonas, Maranhão, Mato Grosso, Pará, Rondônia e Roraima.

LOGODOCTO